NOTÍCIAS DA LUSOFONIA

sábado, 7 de agosto de 2010

POESIA DE CRÉSIO TORRES

Ondas de Dalí
Regozijo-me com a beleza das Divas!
Sou um legítimo viajante do tempo e do espaço,
Ilusório Ícaro que vive o êxtase desvairado
Rumando ao infinito, sem temer o sol,
O sol que se contenta em ser mera ribalta
Das sublimes almas parceiras de Deus!

Hidro-Eros das ondas de Dalí,
Genuíno Arauto dos Felinos corações femininos,
Leve-me leve, que eu te levo leve em minhas aventuras
Transcendentes da medíocre realidade patente,
Eu te levarei nas asas do alumbramento
ao ápice da plenitude.

O universo
e toda a existência se revelam mais belo!
É porque um sentimento de gratidão
Invadiu o meu sincopado
e esvoaçante coração andarilho:
Diuturno caçador da emoção,
Ávido Guerreiro do amor insólito
Eterno portador da fixação de ser feliz.


Na imagem, Crésio estava representando no "Alto do Natal"
Teatro ao ar livre, em Natal/RN
Dezembro de 2009.
Imagem do Fotográfo: Canindé Soares

Crésio Torres
Ator e Poeta
de Ceará-Mirim
Rio Grande do Norte

 

ESTE MERECE SER DIVULGADO!


É DA MINHA TERRA!

EM BREVE POSTAREI SUA BIOGRAFIA COMPLETA.


2 comentários:

  1. oi amiga...
    quanta saudade.
    seja feliz. adoro-te

    ResponderExcluir
  2. Merecida homenagem,Esse cara é de mais...

    ResponderExcluir

Seu comentário será bem vindo!