NOTÍCIAS DA LUSOFONIA

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Poesia - peculiaridades que nos afastam ou aproximam?


No programa Entrelinhas (TV Cultura-BRASIL) do domingo (13-11), António Abujamra, apresentador do Provocações, entrevistou o poeta português Luís Serguilha e a poetisa Maria Estela Guedes.

Entre os temas abordados,  as diferenças entre a poesia brasileira e a poesia portuguesa - particularidades que afastam, separam, ou enriquecem e aproximam?

Veja aqui  a conversa, que ocorreu no evento de lançamento de uma série de obras da editora Arte Livros

14ª CAVALGADA DO VALE, EM CEARÁ-MIRIM/RN-BRASIL


INFORMAÇÕES:
84-9444-9362

ORGANIZAÇÃO:
Silvino Costa

terça-feira, 29 de novembro de 2011

UM LINDO POEMA DE "SUZANA GALVÃO", DE NATAL/RN-BRASIL

ACORDAR
Nos guetos escuros meu coração chora
nada apascenta o espírito
chega o vendaval inquieto envolvendo a solidão
desse pranto crescente.
Acorda! pula da cama do lamento baixa estima
olha o sol contido nesse interior
cheira as margaridas presenteadas pelo dia
mergulha nas alegrias das amizades sadias.
Veja meu ser
que os cristais do meu olhar antes turvo
agora irradiam raios coloridos
e o coração choroso agora toma porre de esperança
.
SUZANA GALVÃO
Poeta e Escritora
De Natal/RN

Bernardino Machado: nascido no Brasil, Presidente de Portugal


Bernardino Luís Machado Guimarães  nasceu no Rio de Janeiro e foi presidente de Portugal por duas vezes.
Nascido  em 28.03.1851, filho do português Anóonio Luis Machado Guimarães e da brasileira Praxedes de Sousa Ribeiro Guimarães.

A família transferiu-se para Portugal em 1860 e ao atingir a maioridade, Bernardino optou pela nacionalidade portuguesa.

Formou-se e doutorou-se em filosofia e matemática pela Universidade de Coimbra. Teve 18 filhos.

Em 06.08.1915, Bernardino foi eleito como o 3º presidente português de forma indireta pelo Congresso. Foi deposto por um golpe militar liderado por Sidónio Pais em 05.12.1917.

Depois de um exílio de dois anos em Paris, voltou a Portugal, e em dezembro de 1925 foi eleito pela segunda vez, agora como o 8º presidente português.

Morreu aos 83 anos deixando seu nome registado na história de Portugal.

Leia no Paperblog

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Bruno Villaça lança hoje o livro "Linhas Tortas" no Iate Clube de Natal/RN-Brasil


O amigo Bruno Villaça lança seu terceiro livro, intitulado "Linhas Tortas", no próximo dia 28 (sábado) , a partir 19h, no Iate Clube Natal, na rua Coronel Flamínio, bairro de Santos Reis.

As "orelhas do livro" foram escritas pelo jornalista Paulo Macêdo, que assim define a obra:

"É um romance que conta uma bonita história que se passou no século passado cujo focus é a paixão recíproca e profunda de suas criaturas, que o destino separou e torturou."

A história é uma viagem pela vida dos dois personagens - Esther e Rodolfo, contada de forma sensível e apaixonante.

Pernambucano de nascimento, mas cerrocoraense de coração, Bruno Villaça foi presidente do Ágape Clube, em 2007; lançou a sua primeira obra, "Estórias de Rafael", em 1998, e  seis anos depois, em 2004, publicou o segundo romance: "Viagem de Giovani".

Vale a pena ir prestigiar o talento literário de Bruno!

LINDOS VERSOS DE AUZEH FREITAS DE NATAL/RN-BRASIL

MONTAGEM FEITA POR: Ceicinha Câmara

SÂMYA RAFAELA ACÚSTICO NA FESTA DA PADROEIRA DE CEARÁ-MIRIM/RN-BRASIL


Data: 03∕12∕11

Horário: 21:30h

Local: No palco cultural ao lado da Matriz

Endereço: Festa da Padroeira de Ceará-Mirim



Mais informações:
Moidecoisa Artistas e Eventos
(84) 9915-1373 e 9125-6149

VALÉRIO MESQUITA LANÇA "A Paisagem e o Tempo" EM NATAL/RN-BRASIL


PRÓXIMA QUARTA-FEIRA, 30 DE NOVEMBRO
ÀS 18 HORAS, NA LIVRARIA SICILIANO DO 
SHOPPING MIDWAY MALL DE NATAL.

VALÉRIO MESQUITA

domingo, 27 de novembro de 2011

Primeiro Dicionário Histórico do Português do Brasil


E se, ao tentar compreender o significado de palavras desconhecidas, encontrássemos também em nossos dicionários suas origens, variações de grafia ao longo do tempo e o primeiro documento oficial da história do Brasil em que aparece cada vocábulo, com definições baseadas exclusivamente nesses registos históricos?
É esse o objetivo do Dicionário Histórico de Português do Brasil (DHPB), projeto desenvolvido na Faculdade de Ciências e  Letras da Unesp, Universidade Estadual de São Paulo, em Araraquara. 

Mais do que revelar o que quer dizer cada palavra  do nosso idioma, a ideia é que um pedaço  da história da língua portuguesa no país, mais especificamente dos séculos XVI, XVII e XVIII, seja contado em cada verbete da obra.
“O plano inicial era ir até 1799, mas acabamos optando por encerrar em 1808, ano que marcou o fim do período colonial”, afirma a linguista Clotilde Azevedo Murakawa, atual coordenadora do projeto. O período, segundo ela, foi crucial para a determinação dos rumos e origens da língua portuguesa no Brasil, que se consolidou e passou a ter vida própria.
“A partir do momento em que a língua foi transplantada para o Brasil, ela começou a se desenvolver de outra forma, assimilando, por exemplo, o vocabulário indígena. Então, esse momento de diferenciação é de extrema importância para a história da língua”, complementa a jornalista Mariana Botta, que integra a equipa de dez redatores e revisores do DHPB.
Para fazer o trabalho foram reunidas 32.358 páginas de documentos históricos, posteriormente digitalizados para compor o corpus do dicionário, uma espécie de banco de dados de documentos que dão origem a todas as entradas da obra.

Leia mais aqui

Literatura de Viagens encerra programação do Encontro de Escritores de Língua Portuguesa 2011, em Natal/RN-Brasil


Com a palestra “Literatura de Viagens”, o escritor angolano Manuel Rui, ex-Reitor da Universidade de Luanda e Ministro do Governo de Angola, foi o palestrante desta sexta-feira (25), dia que se encerrou a programação II do Encontro dos Escritores da Língua Portuguesa (EELP) na sede da Academia Norte-rio-grandense de Letras.

A palestra deu ensejo a uma reflexão sobre crónicas e descrições de viagens de ontem e de hoje, feitas por meio dos livros.
Foi mediador o professor do Departamento de Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Márcio de Lima Dantas.

Interviram os escritores
Ana Maria Cascudo Barreto, Viagens literárias de Câmara Cascudo (Academia Norte-rio-grandense de Letras); Carlos Francisco Moura (escritor de Macau); Diógenes da Cunha Lima, Natal: Biografia de Uma Cidade (presidente da Academia Norte-rio-grandense de Letras); Domingos Landim de Barros, O Contributo do Fenómeno Viagem para a Literatura de um Povo Ilhéu (escritor caboverdiano, Praia) e E. S. Tagino (António José da Costa Neves), Almada: Um Itinerário Literário, Pessoal e Transmissível (escritor português).

Afora estes intelectuais, também participaram
Jin Guo Ping (historiador e tradutor chinês), Rui Lourido (historiador português) e Wu Zhiliang (historiador, Macau), A Viagem – Paradigma do Encontro: Percepções Portuguesas e Chinesas sobre Macau/China e o Brasil (Macau, China); Luíza Maria Nobrega, Os Lusíadas (escritora brasileira); Márcio de Lima Dantas, Nízia Floresta e a Literatura de Viagens (escritor potiguar), Mário Ivo Cavalcante, A viagem Literária no Rio Grande do Norte (jornalista potiguar); Mário Máximo, As Viagens Essenciais ou o Itinerário Interior de Toda a Viagem (escritor português, Odivelas) e Pedro Rosa Mendes, Viajar e Escrever pelas Lusofonias “malaias” (escritor português).

O encerramento do II EELP aconteceu ao fim da tarde e
contou com a presença da prefeita Micarla de Sousa. Ainda houve a apresentação de um Bailado Popular.

Durante três dias, o Encontro de Escritores congregou intelectuais e representantes de nove países. A iniciativa é da União das Cidades Capitais Luso-Afro (UCCLA), contou com o apoio da Prefeitura de Natal, por intermédio da Fundação Cultural Capitania das Artes.

A Aliança Francesa de Natal/RN convida para o sarau de novembro, dia 30



A Aliança Francesa de Natal e o Grupo de Voluntários Au Que Mia convidam para o sarau de Novembro, dia 30, às 19h, com exposição da artista plástica Hilana Ubarana de Andrade, cujas vendas revertem para o apoio aos animais abandonados. Animando a soirée, Silvia Sol interpreta o melhor da MPB, acompanhada por Iury Matias (violão) e Klênio Barros (trombone). Ainda na programação, recital de poesia com a professora Ilana Souto e alunos da AF Natal. Contamos com a sua presença neste sarau dedicado à causa animal.

SARAU DE NOVEMBRO

QUARTA-FEIRA, 30, 19h,

GALERIA D’ARTS DR. JOSÉ VALÉRIO CAVALCANTI

ALIANÇA FRANCESA DE NATAL

CANTOR POTIGUAR "Yrahn Barreto" SE APRESENTA DIA 29 EM SÃO GONÇALO DO AMARANTE/RN-BRASIL



SOBRE YRAHN BARRETO...


Yrahn BarretoYrahn Barreto, músico, compositor, cantor e interpréte, teve seus primeiros contatos com um instrumento musical aos 9 anos de idade, tendo sua carreira iniciada como guitarrista de bandas baile aos 13 anos, dai por diante suas influências musicais tornaram-se uma verdadeira mistura de vários rítmos populares e a própria liberdade de expressão que o JAZZ e a IMPROVISAÇÃO tem para fazer parte de suas canções como referência. Yrahn sente-se privilejiado por ter nascido num país tão rico musicalmente com tantas diversidades capazes de tranformar e encantar a todo o mundo.

sábado, 26 de novembro de 2011

ABERTURA DA "BUDEGA VÉIA" HOJE NA FESTA DA PADROEIRA DE CEARÁ-MIRIM/RN-BRASIL

Atores portugueses estão no Brasil a filmar “A Primeira Missa”


Os atores portugueses Rui Unas e Marcantonio del Carlo estão no Brasil a filmar “A Primeira Missa”, sob as ordens da realizadora Ana Carolina Teixeira Soares.

Este filme inspira-se num quadro do pintor brasileiro do século XIX Victor Meirelles e reproduz a história da primeira missa celebrada na Baía, no ano de 1500, quando Frei Henrique de Coimbra e a frota portuguesa tiveram o primeiro contacto com os índios.

Rui Unas e Marcantonio del Carlo dão vida a duas figuras históricas portuguesas, Pêro Vaz Caminha e Pedro Álvares Cabral, respectivamente. Do elenco constam, também, nomes brasileiros de primeiro plano, como Fernanda Montenegro e Rita Lee.

Depois de Marcantonio ter gravado em Espanha “Miel de Laranjas” e de Rui Unas ter gravado no Brasil o filme “Colegas”, esta nova película representa mais um salto na carreira internacional dos actores.

Leia no Sapo Fama

2º ENCONTRO DE CORDELISTAS HOJE, EM NATAL/RN-BRASIL


SEGUNDO ENCONTRO DE CORDELISTAS 

NA POTY LIVROS DO PRAIA SHOPPING 

DE NATAL/RN, ÀS 18 HORAS.

O Rotary Club de Ceará Mirim/RN realiza hoje FESTA BAILE III REENCONTRO


O Rotary Club de Ceará Mirim realizará no próximo dia 26, a FESTA BAILE III REENCONTRO e convida os FILHOS E AMIGOS de CEARÁ MIRIM para abrilhantarem esta FESTA, cuja renda será em benefício da reforma do teto da Matriz de Nossa Senhora da Conceição.

MATRIZ DE NOSSA SRA. DA CONCEIÇÃO

Local: Clube Unisesp
Início: 22:00 horas
Orquestra: LOS MANOS

Buffet de Salgados e Bebidas incluso no preço da mesa.
Fone pra reserva de mesas até o dia 23.11.2010 
(84 – 3274-4035 – PATRICIA BUFFET)

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

UMA TROVA DO "ADEMAR MACEDO". RIO GRANDE DO NORTE-BRASIL

Ao partir, causaste um drama
e, em estado de demência,
finjo ter você na cama...
E nem sinto a sua ausência.
–Ademar Macedo/RN–

“Portugal no Brasil: pontes para o presente” - Colóquio luso-brasileiro: inscrições abertas


As inscrições para o 6º Colóquio Internacional, a ser realizado no próximo ano, 2012, pelo Polo de Pesquisa sobre Relações Luso-Brasileiras (PPRLB), já estão abertas.

Com o prazo limite estipulado para o dia 30/11, as inscrições têm prazo para resposta de aceite ou de rejeição, podendo ser realizadasaté o dia 15/12. O evento acontece em comemoração do “Ano de Portugal no Brasil” e dos 10 anos de atividades do PPRLB.


Com o título “Portugal no Brasil: pontes para o presente”, o colóquio pretende incentivar o debate sobre o diálogo cultural entre Portugal e Brasil ao longo de séculos, com os prós e contras que se possam apontar.

Mais informações sobre taxas para inscrições, regras de formatação das propostas a serem enviadas e também sobre como se inscrever podem ser encontradas aqui.

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

Primeiro Festival de Vinhos de Natal - Nordeste do Brasil




Num esforço conjunto, a Adega São Cristóvão e seus parceiros/importadores: Adega Alentejana, Calix, Domno, KMM, Ingá, Viníssimo e Valmarino, realizam em Natal o maior festival de vinhos da cidade:“Adega São Cristóvão Wine Fest”, com 120 rótulos distintos, dos mais importantes países produtores do novo e do velho mundo, disponíveis em prova aberta aos participantes. A grande feira contará ainda com a presença da maior autoridade em vinhos portugueses no Brasil, o expert Carlos Cabral, consultor de vinhos do Grupo Pão de Açúcar e autor de 05 livros sobre o vinho luso (disponível para venda no evento), que fará uma palestra em auditório reservado, abordando o tema “Douro X Alentejo”. O“Adega São Cristóvão Wine Fest” será um evento imperdível, que promete reunir todos os filhos de Baco da cidade, sob uma atmosfera de congraçamento e interação, tendo como elemento aglutinador o vinho nos mais variados estilos, para todos os gostos e bolsos. Na ocasião serão feitos sorteios de brindes e preços e condições promocionais para compras no local. Cada participante receberá um caderno de prova e a taça personalizada do evento
As senhas(limitadas), estão à venda na Adega São Cristóvão (84) 4006-6370 Detalhes do Evento: Data/Dia: 26 de novembro (sábado) / Local: Salão Água Marinha do Hotel Serhs na Via Costeira / Horário: Das 16 às 20 horas / Palestra:Douro X Alentejo com o Carlos Cabral no salão Cataluña - Realização:
FONTES:

PROFESSOR DO RIO GRANDE DO NORTE-BRASIL ADAPTA OBRAS LITERÁRIAS E TORNA AULAS MAIS CRIATIVAS

JOSIVAN RIBEIRO DO MONTE
Utilização de métodos lúdicos, aliados a arte com princípio educativo
Por
Erta Souza

Adotar e ser adotado. Essas têm sido práticas constantes na vida de Josivan Monte, professor de literatura. Apesar de ter somente 45 anos, ele perdeu a conta de quantos "filhos" têm. Dessa imensa "família" fazem parte seus atuais e ex-alunos. O ato de adotar os adolescentes como membros da família se intensificou nos últimos anos devido à proximidade dos jovens com o professor que usa a arte para cativar os jovens.
Atuando como educador desde os 18 anos ainda em sua terra natal, São Bento do Norte, Josivan percebeu dois anos depois que a metodologia usual da gramática e da Literatura não surtiam efeito para prender a atenção dos adolescentes. "Vi muitas vezes o professor entrar na sala de aula e os alunos saírem". Ao assistir cenas como essas, o jovem percebeu que precisava fazer algo diferente para despertar o interesse dos estudantes pela disciplina considerada segundo plano na preparação para o vestibular, ao contrário de português, matemática e física, por exemplo.

Professor adapta obras literárias e promove encenações para alunos

Como se considera um fascinado pelas diversas manifestações artísticas, intuitivamente Josivan percebeu que essa seria a forma da literatura conquistar os alunos. A técnica foi aprimorada a partir de 1999 quando as obras literárias passaram a ser exigidas no vestibular da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). A música, o teatro e a dança passaram a fazer parte cada vez mais das aulas.

E foi na elaboração de textos das peças teatrais que descrevem a história dos livros solicitados no vestibular que o contato entre mestre e alunos se tornou intenso. Como dá aulas em nove instituições da rede privada de ensino para 60 turmas concluintes do Ensino Médio e cursinho pré-vestibular, Josivan tem aproximadamente dois mil alunos.

O contato estreito entre alunos e mestre durante todo o ano ultrapassa as barreiras das salas de aula. Hoje Josivan - apesar de ser ainda jovem - não sabe ao certo quantos filhos adotou. Na verdade, em muitos casos, ele foi adotado como pai. Atitudes como pegar e deixar os alunosna escola, curso de inglês ou até mesmo em uma balada se tornou mais freqüente na vida do professor que se considera uma pessoa que "gosta de cuidar dos outros". Josivan acredita que a perda de seu pai aos 12 anos de idade teve forte influência nessa vontade de cuidar do próximo. "Somos seis irmãos. Então e minha irmã mais velha absorvemos a responsabilidade de ajudar nossa mãe com as outras crianças", lembra.


CHEIO DE HISTÓRIAS

Josivan não se considera um professor. "O professor se limita a exercer o ofício e passar conteúdo, já o educador tem um trabalho mais amplo porque se preocupa com as necessidades e diferenças dos alunos", explica. Mas sua paixão pela atividade teve que dividir a atenção do jovem com a segurança pública. Aos 23 anos, Josivan se tornou policial federal. Dez anos depois resolveu fazer direito e prestou concurso para a corregedoria do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJ/RN). A dedicação à educação não o deixou concluir o curso nem assumir o novo cargo a que tinha sido aprovado. "Não me via como um burocrata e resolvi abrir mão, mesmo sonhando com a estabilidade do serviço público".

Ele se tornou educador ainda em São Bento do Norte, onde ensinou várias disciplinas, mas foi com a Língua Portuguesa e Literatura que ele disse ter se encantado ainda no início da adolescência, terminando por ser aprovado no vestibular para Letras em 1987. "Eu era um menino muito ativo, participava de grupos de jovens e ajudava as freiras. Elas me incentivavam a ler e contraditoriamente me fizeram desistir da ideia de ser padre porque diziam que tinha outra missão na vida. Hoje agradeço porque elas contribuíram tanto na minha formação política quanto religiosa", disse.

Ainda aos 15 anos, Josivan era chamado de menino comunista porque discursava nos comícios de um candidato da oposição que queria tirar o poder de um grupo político que há mais de 30 anos comandava a administração em São Bento do Norte. O jovem resolveu entrar para a política e exerceu dois mandatos de vereador. Nessa época, inclusive, ajudou a criar o município vizinho de Caiçara do Norte. Mas o jovem vereador decidiu abandonar a política. Desde 1993 atua somente como professor de Literatura.


DOIS EM UM: PROFESSOR E ATOR

Josivan participa das encenações como um mero ator, depois retorna ao palco para explicar detalhes do livro que podem ser questionados na prova. "Os alunos lêem a obra e a partir daí identificam quem será esse ou aquele personagem, inclusive o meu papel é escolhido por eles", conta. Embora ache importante a participação dos jovens no processo de criação do texto e atuação no espetáculo, ele deixa os alunos livres para definirem se desejam participar do projeto.

Mesmo sendo impossível a participação direta de todos, os que assistem são beneficiados com a criação e atuação dos colegas. "E isso tem facilitado na hora da prova e na vida. Hoje vários dizem que a atuação no trabalho ou mesmo na escola melhorou por causa da diminuição da timidez", relata. Se engana quem pensa que somente as peças teatrais são produzidas pelos alunos. Durante todo ano são feitos vários eventos que trabalham a literatura. Tem feijoada, fondue e ciclo de apresentações no Teatro Alberto Maranhão (TAM) onde são apresentados os resumos das obras.

Com a proximidade do vestibular, Josivan percebeu a necessidade dos alunos em participar das últimas aulas e estudar para as provas, por isso desde o ano passado o aulão especial em que todas as cinco obras são apresentadas e discutidas por atores profissionais


...fotografia...
Carlos Santosl/DN/D.A Press
 www.diariodenatal.com.br 

 "Toda a arte de ensinar é apenas a arte de acordar a curiosidade natural
nas mentes jovens, com o propósito de serem satisfeitas mais tarde."
Anatole France

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Foi inaugurado o empreendimento Mucuripe Mall, em Ceará-Mirim/RN-BRASIL


A cidade do Ceará Mirim viveu na noite de Sábado(19-11), mais um momento de festa, alegria e de negócios, por que não dizer. Foi inaugurado o empreendimento Mucuripe Mall, com várias lojas já em funcionamento dos mais diversos setores.


O Mucuripe Mall é uma idealização do empresário Luciano Roque da Rocha, que percebeu a necessidade de um local que concentrasse beleza, aconchego, mobilidade e, que, proporcionassem aos que fossem alugar as lojas, condições de realizarem bons negócios.

Luciano Rocha com a esposa Régia, filhos e netos
A solenidade contou com muita gente da sociedade cearamirinense, que prestigiou a iniciativa empresarial de Luciano e família.

Monsenhor Rui Miranda
As bênçãos das instalações foram dadas pelo vigário Emérito de Ceará Mirim, Monsenhor Rui Miranda.

Empresário Luciano Rocha em seu discurso,
acompanhado da mãe Olenina Roque da Rocha
e sua esposa Régia
Em seu discurso, Luciano lembrou-se do seu pai, Paulo Rocha (in Memória) e de sua mãe dona Nina, presente a inauguração, como sendo os principais inspiradores de suas idéias. Tudo começou com os dois, disse Luciano.

O jovem empresário Luciano Junior também falou agradecendo aos presentes, entretanto, disse, que, a princípio a idéia da construção do Mucuripe Mall não era muito bem vista pela família. “Só depois percebemos que a idéia daria certo, como estamos vendo hoje o resultado”, disse Luciano Junior.

O Mucuripe Mall fica localizado na Avenida Luiz Lopes Varela, em frente ao Forum Municipal de Ceará Mirim. Restam apenas duas ou três lojas para alugar. Parabéns e sucesso aos que fazem o Mucuripe Mall. (Texto de Iran Costa).

Momento da inauguração
VEJA MAIS IMAGENS NO BLOGUE DO IRAN COSTA

UM BELO POEMA DE "GRAÇA CAMPOS" DE BELO HORIZONTE/MG-BRASIL


GRAÇA CAMPOS
Escritora, Poeta e Artista Plástica