NOTÍCIAS DA LUSOFONIA

terça-feira, 31 de maio de 2011

RAILTON CÂMARA FAZ SHOW NA PIZZARIA GOTA D'ÁGUA, EM CEARÁ-MIRIM/RN.


Este meu talentoso sobrinho, estará fazendo show na Pizzaria e Sorveteria Gota D'água em Ceará-Mirim/RN, próximo a escola Ubaldo Bezerra, a partir das 20h., do dia 03 de Junho de 2011.

Vai ser uma noite com muita música boa, com um repertório de MPB e pop nacional e internacional, muito agradável de se ouvir. Prestigie!

ESCRITORA "LÚCIA HELENA PEREIRA" FAZ AGRADECIMENTOS AO TROFÉU CULTURA, EVENTO IDEALIZADO PELO JORNALISTA TOINHO SILVEIRA

AGRADECIMENTO AO TROFÉU CULTURA. GRATIDÃO - ESSA PÉTALA AVELUDADA DE UMA FLOR PERFUMADA PLANTADA NO CORAÇÃO!



MEU AGRADECIMENTO ESPECIAL A TOINHO SILVEIRA - IDEALIZADOR DO TROFÉU CULTURA EM SUA VIIIª EDIÇÃO, NO AUDITÓRIO DA FIERN, NA ÚLTIMA SEXTA-FEIRA, 27 DE MAIO DE 2011. FESTA DE TOTAL SUCESSO PARA OS CONTEMPLADOS EM DIVERSAS CATEGORIAS E CONVIDADOS DA GRANDE NOITE.

RECEBI, COM MUITA HONRA, O TROFÉU CULTURA, DAS MÃOS DO ESCRITOR DIÓGENES DA CUNHA LIMA - O POETA DO BAOBÁ - MUI DIGNO PRESIDENTE DA ACADEMIA NORTE-RIO-GRANDENSE DE LETRAS, A QUEM ADMIRO E ESTIMO.


AGRADECIMENTOS AOS MEUS CONVIDADOS QUE LÁ COMPARECERAM E AOS QUE ENVIARAM PARABÉNS E DESCULPAS ATRAVÉS DE CARINHOSOS E-MAILS.

ÀS MINHA DILETA SOBRINHA - IVANNA MARIA PEREIRA PINTO - A QUEM DEDICO AMOR MATERNAL E SEMPRE ME PRESTIGIA.

AGRADEÇO A PRESENÇA DA PRESIDENTA DA ACADEMIA FEMININA DE LETRAS DO RN - ESCRITORA ZELMA BEZERRA FURTADO DE MEDEIROS:
AGRADEÇO A PRESENÇA DO PRESIDENTE DA ACADEMIA MACAIBENSE DE LETRAS - DR. JANSEN LEIROS - QUE MUITO ME HONROU COM SUA PRESENÇA E DE SUA ESPOSA ANAIR, QUE ASSISTIRAM A MINHA PREMIAÇÃO E TIVERAM DE SE RETIRAR PARA ATENDIMENTO A OUTRO COMPROMISSO.
AGRADECIMENTO À ESCRITORA LEDA MARINHO VARELA DA COSTA - PRESIDENTA DA AJEB/RN - QUE SE FEZ PRESENTE AO EVENTO.
AGRADECIMENTO ÀS ESCRITORAS QUE ASSISTIRAM E MUITO APLAUDIRAM A SOLENIDADE DO TROFÉU CULTURA:
JANIA MARIA SOUZA
GILDA AVELINO
IVETE RAMALHO BATISTA
SHEYLA MARIA RAMALHO BATISTA
AGRADECIMENTO À LUCINHA LIRA E FERNANDO QUE ATENDERAM MEU CONVITE PARA PARTICIPAREM DO TROFÉU CULTURA.
AGRADEÇO, DE TODO CORAÇÃO, A PRESENÇA DE MINHA AMADA AMIGA, ESCRITORA E ARTISTA PLÁSTICA - GRAZIELA COSTA FONSECA - QUE ASSISTIU A MINHA PREMIAÇÃO E LOGO RETORNOU AO LAR, DEVIDO AO ESTADO DE SAÚDE DO SEU ESPOSO, MEU QUERIDO AMIGO - DR. FERNANDO EZEQUIEL FONSECA.
AGRADECIMENTOS À PRODUTORA CULTURAL - MARIA DE LOURDES PEREGRINO - COORDENADORA DO PROJETO BOCA DA NOITE.
AGRADECIMENTOS AO FUTURO GRANDE ESCRITOR E ATUAL ORADOR - LOURIVAL BEZERRA NETO.

AGRADECIMENTOS AOS E-MAILS DE PARABÉNS:

DO CONFRADE DA ACADEMIA CEARAMIRINENSE DE LETRAS - ACLA - ORMUZ BARBALHO SIMONETTI, ATRAVÉS DE EXPRESSIVO E-MAIL.
AGRADECIMENTO AO ESCRITOR E COMPOSITOR - NELSON FREIRE PELO ATENCIOSO E-MAIL.
AGRADECIMENTO AOS E-MAILS: HILDA AGNES HÜBNER FLORES (RS), GISELDA MEDEIROS (CE), GISELE BUENO PINTO (RS), BELIDSON DIAS (DF), JANIA MARIA SOUZA, VANIA MIRANDA (PI), DILERCY ADLER (MA), DODORA CARDOSO (RN), HÉLIA BRAGA (RN), DR. FERNANDO DUARTE (CAERN), KINA DE OLIVEIRA (SP), CLARICE VERAS VILLABA (DF), MARIA HELENA DO AMARAL (CE), TEREZINKA PEREIRA (MA), MASÉ SOARES (GO).
AGRADECIMENTO AO CONFRADE DA ACLA - JANILSON DIAS DE OLIVEIRA, QUE ENVIOU-ME GENTIL E-MAIL DE CONGRATULAÇÃO.
AGRADECIMENTOS À SIMONE SILVA, LIEGE BARBALHO, RODRIGO LOUREIRO, CELSO AMÂNCIO, HILNETH CORREIA, DANIELE FREIRE E TODOS OS JORNALISTAS E COLUNISTAS SOCIAIS QUE DIVULGARAM TÃO BELO EVENTO, BEM COMO, ÀS BLOGUEIRAS QUERIDAS: CEICINHA CÂMARA E JANIA SOUZA, GERALDA EFIGÊNIA.
AGRADECIMENTO ÀS PALAVRAS DE CARINHO DO MEU AMIGO CHICO ACARI.

MUITO OBRIGADA!

LÚCIA HELENA PEREIRA - TROFÉU CULTURA 2011.
AUDITÓRIO DA FIERN EM 27-05-2011.

MATÉRIA TRANSCRITA DO BLOGUE DE LÚCIA HELENA:
PALAVRAS E IMAGENS


CONFIRA ALGUMAS IMAGENS DESTA BELÍSSIMA SOLENIDADE 

DE ENTREGA DO TROFÉU CULTURA, POR TOINHO SILVEIRA, NO AUDITÓRIO DA FIERN, EM DIVERSAS CATEGORIAS, DIA 27-05, REALIZADO EM NATAL/RN-BRASIL.


LÚCIA HELENA PEREIRA RECEBE, DAS MÃOS DE DIÓGENES DA CUNHA LIMA, POR ESCOLHA ESPECIAL DE TOINHO SILVEIRA, O TROFÉU CULTURA DONA MILITANA.


ESCRITORES:
LOURIVAL NETO, ZELMA BEZERRA, LÚCIA HELENA PEREIRA E SHEYLA MARIA RAMALHO BATISTA.

VERA E DIÓGENES DA CUNHA LIMA, LUCINHA LIRA E FERNANDO, LÚCIA HELENA PEREIRA.

VERA, DIÓGENES, ZELMA E JANSEN LEIROS

DR. MANOEL DE BRITO, ANNA MARIA CASCUDO BARRETO, JANSEN LEIROS E PAULO MACEDO.

PRESENÇAS DO FOLCLORE NA ENTREGA E RECEBIMENTO DO TROFÉU CULTURA / 2011 AO MESTRE LUCAS DO CONGO, DE SÃO GONÇALO DO AMARANTE/RN.

TROFÉU CULTURA A DORIAN GRAY CALDAS, ENTREGUE POR SUA FILHA DIONE CALDAS, M.D. DIRETORA DO TAM.

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Antologia Poética "POETAR CONTEMPORÂNEO, VOL I" - Abertas as Candidaturas

Logotipo e header da newsletter
Encontram-se abertas as candidaturas a autores do livro de poesia das EDIÇÕES VIEIRA DA SILVA, POETAR CONTEMPORÂNEO, VOL I
Visite o blogue deste projecto em http://poetar-contemporaneo1.blogspot.com/ onde pode encontrar as normas de participação e todos as notícias que forem ocorrendo.
O custo da participação é de 50 euros por cada 2 páginas, o que equivale à aquisição de 12 livros sem no entanto ter de pagar mais por isso.  Vamos ter uma sessão de lançamento com a presença de todos os autores, em Lisboa num espaço ainda por designar.
Os autores podem organizar também as suas próprias sessões de apresentação do livro, podendo para isso adquirir mais livros ao custo de autor, ou seja 50% do preço de capa.
Ficamos desde já ao vosso inteiro dispor para qualquer esclarecimento adicional que entendam seja necessário.
Cumprimentos

António Vieira da Silva
Edição de Livros

Telef: 218120700
Tm: 966425862

logo branco 1

Comemorações do Dia Mundial da Criança e Encontro Final “Escola Ativa”, no Concelho de Vila do Bispo

No próximo dia 1 de junho, comemora-se o Dia Mundial da Criança. Assim e tendo em conta o significado especial desta data, a Autarquia em colaboração com a comunidade educativa vai promover o Dia Mundial da Criança e o Encontro Final “Escola Ativa”, nos dias 1 e 3 de junho, no Campo Municipal 1º de Maio de Vila do Bispo, de uma forma entusiasta e inesquecível para os mais pequenos.

Neste âmbito, a Câmara Municipal preparou um programa especialmente dirigido à comunidade estudantil do concelho. Para o dia 1 de junho estão agendadas as atividades dirigidas às crianças dos Jardins-de-infância e do 1º Ciclo do ensino básico do concelho que englobam jogos tradicionais e insufláveis. Já para o dia 3 de junho, e dedicado aos alunos da Escola E.B.2,3 de S. Vicente, está previsto a dinamização do projeto “Game Day”, ação baseada em videojogos, onde os alunos terão a oportunidade de jogar os mais conhecidos videojogos de futebol, corridas, aventura, lutas e conhecimento nas consolas Xbox 360 e PS3, e ainda de praticarem desporto, fazerem Yoga, jogarem ténis ou conduzirem um carro nas interativas Nintendo Wii.
Os alunos dos Jardins-de-infância e das Escolas do 1º Ciclo serão presenteados com uma mochila, bem como com um almoço e um lanche com os respetivos professores, com o objetivo de promover comportamentos sociais e pessoais adequados à atividade fora do seu contexto habitual.

Ainda no âmbito desta data, a CPCJ-VB – Comissão de Proteção de Crianças e Jovens de Vila do Bispo, terá um espaço de informação onde se dará a conhecer aos mais pequenos, informando-os sobre o seu funcionamento e atuação. Este espaço também conta com atividades lúdicas para as crianças, que passam pela pintura, contos e jogos temáticos sobre os direitos da criança.


FONTE: Portal Autárquico

UMA BELA CRÔNICA DA ELIANA PEREIRA, FILHA DO ESCRITOR CEARAMIRINENSE NILO PEREIRA. BOA LEITURA!

ESTA CRÔNICA DA ELIANA FEZ-ME LEMBRAR ALGUMAS COISAS... VEJA LÁ COMO SÃO AS COISAS DO DESTINO! NUNCA PENSEI QUE PUDESSE ORGANIZAR UM EVENTO CULTURAL  A NÍVEL INTERNACIONAL E CÁ ESTOU, A ORGANIZAR O "COLÓQUIO CULTURAL: TRÊS TEMAS - TRÊS AUTORES", COM A PARTICIPAÇÃO DE DOIS ESCRITORES BRASILEIROS E UM PORTUGUÊS, QUE SERÁ REALIZADO NO PRÓXIMO DIA 20 DE JUNHO, NO AUDITÓRIO DO CENTRO CULTURAL DE VILA DO BISPO. POIS BEM! PORQUE ESTOU TOCANDO NESTE ASSUNTO? QUANDO ORGANIZAMOS UM EVENTO DESTE PORTE, É PROVÁVEL QUE SURJAM IMPREVISTOS, COMENTÁRIOS BONS... E MAUS TAMBÉM! ESTES SIM, ATÉ ME FAZ SENTIR TRISTEZA EM MEU CORAÇÃO! MAS PENSO NO LADO BOM... NO LADO POSITIVO... NOS PONTOS DE REFERÊNCIAS POSITIVOS QUE ME LEVA A UMA FORMA DE VER AS COISAS DE MANEIRA ESPECIAL E ATÉ ENGRAÇADA, POIS DÁ-ME A CONHECER UMA SÉRIE DE NOVAS POSSIBILIDADES. PORTAS QUE EU JAMAIS PENSEI QUE SE ABRISSEM TÃO FACILMENTE COMEÇARAM A ABRIR-SE. SABE PORQUE? PORQUE ACREDITAM EM MIM E NO MEU POTENCIAL! EU SOU PERSISTENTE! SE NÃO, NEM ESTARIA CÁ EM PORTUGAL! CONHECI MUITA GENTE BOA E AMIGA EM VILA DO BISPO. PESSOAS GENEROSAS, PRESTATIVAS... É BOM CONSTRUIRMOS BOAS RELAÇÕES E VERMOS O MELHOR DE CADA SITUAÇÃO. TENHO RESPEITO A TODOS DESTE CONCELHO, ATÉ PORQUE, COMO ESTRANGEIRA, COSTUMO DIZER QUE NÃO ESTOU EM MINHA CASA. SÓ QUERO DIZER ALGO MAIS... O PRINCIPAL OBJETIVO DA MINHA VIDA É SER VERDADEIRAMENTE FELIZ! E A MINHA FELICIDADE ESTÁ VOLTADA PARA FAZER COISAS QUE ELEVEM O MEU ESPÍRITO. POR ISSO, TENTO CONCRETIZAR AS MINHAS IDÉIAS. MAS, DESCOBRI TAMBÉM QUE AS AÇÕES TÊM CONSEQUÊNCIAS: BOAS E MÁS. É BOM OUVIRMOS OUTRAS PESSOAS E SE INTERESSAR NAQUILO QUE OS OUTROS TÊM PARA DIZER, PARA DEPOIS REAGIR OU CRITICAR. AFINAL, SEMPRE APRENDEMOS ALGO COM OUTRAS PESSOAS, INDEPENDENTEMENTE DE QUALQUER NACIONALIDADE. PENSE NISSO!  SOU FORTE! POR ISSO NÃO VOU SOFRER POR ANTECIPAÇÃO. AGORA LEIA A CRÔNICA DA MINHA AMIGA ELIANA PEREIRA E DEIXE SEU LINDO COMENTÁRIO, POR FAVOR!  

***********************

EU CHORARIA MUITO MAIS....


Já sofri por antecipação. Já tive medo do nada. Já "encuquei" sem razões... Sempre cumpri as regras e , principalmente, as leis. Quem não haverá de assim fazer?
Estou num estado, se não de nirvana, pois já seria demais, porém trabalhada, dedicada a minha vida e debruçada sobre os livros.
Quero morrer aprendendo. A ignorância me afasta, posto que não suportaria me entregar ao cotidiano, vivendo , apenas, de disse me disse ou de brisa forte.
Hoje, após a minha caminhada, trajada à carater, como manda o figurino dos grandes estilistas esportivos, fui parar na cama.
Já era tardinha. Deu-me um sono irresistível e eu dormi tanto, que só um telefonema, oferecendo Cartões Bradesco , fez-me acordar.
Foi um sono pesado, mas que me mostrou um instante de pesadelo, onde a minha mãe me chamava e CHORAVA ao mesmo tempo. Acordei aflita. Não fosse o telefonema do Banco, talvez, tivesse chegado ao final do sono ou do sonho. Quem sabe , ela não me fizesse alguma revelação.
E, agora , mama : estou resistindo a uma decisão tomada na terapia. Tudo tem os seus limites. Já fiquei sequelada pelo fato que me levou ao Santa Joana. Já teve quem se atormentasse , com arrependimentos. Não, não posso, minha mãezinha. Venha , em sonhos, me ver e falar comigo.
Não, não chore. EU CHORARIA MUITO MAIS....

ELIANA PEREIRA
Recife-Pernambuco
Psicóloga
Filha do escritor cearamirinense:
Nilo Pereira
VISITE SEU BLOGUE AQUI!

domingo, 29 de maio de 2011

Lançt.º: "FICAVA EM ANGOLA E CHAMAVA-SE NOVA LISBOA", de Inácio Rebelo de Andrade

31 Mai - 18:00 - Lisboa
Edições Colibri
Para ler, clique no cartaz para ampliá-lo.

COISAS DE NOSSA TERRA. POR: ORMUZ SIMONETTI

DE VOLTA AO PASSADO - PARTE 1

Hoje eu lembro com saudade o tempo que passou.
O tempo passa tão depressa mais em mim deixou.
Jovens tardes de domingo tantas alegrias.
Velhos tempos, belos dias . .
(Roberto Carlos).

Desde a última sexta-feira, 13 de maio, quando foi publicado o artigo, “OS PÁSSAROS VOLTARAM”, tenho recebido grande quantidade de e-mails e telefonemas que tratam do assunto. São amigos e também pessoas anônimas, dizendo-se gratificadas pela oportunidade que tiveram de, ao lerem a crônica, voltarem no tempo, mais precisamente aos anos 60 e 70, quando nessa época, moravam na cidade de Natal.
Ao colocar naquela crônica minhas reminiscências que se misturavam as emoções, no momento em que desenvolvia o texto, não imaginei que aquelas histórias se assemelhavam as de tantas outras pessoas. Histórias que já não conseguimos lembrar, pois o ritmo dos acontecimentos imposto pelo mundo globalizado, não deixa espaço para esse tipo de saudosismo. Somente aqueles que se aventuram a mergulhar num passado - não tão distante - movido às vezes por acontecimentos ou situações do presente, são premiados com esse tipo de emoção.


Dentre os vários e-mails que recebi, fiquei comovido com um recebido de Teresina-PI, enviado por Luiz Fernando Pereira de Melo: “Amigo Ormuz, li o artigo e tive o prazer de retorna a rua Vigário Bartolomeu 625, onde morei na infância. La ia sempre ao velho mercado compra as rodas dos nossos caminhões e também as belas frutas que ali eram vendidas. É muito bom relembrar o passado, principalmente o nosso que tivemos um grande privilegio de ter uma cidade como Natal dos anos 60 e 70. Um grande abraço e obrigado pelo prazer de retornar a minha infância.

Do Recife, assim se manifestou outro amigo, Geraldo Pereira filho do saudoso Nilo Pereira: “Lembrei de meu tempo de menino, quando pegava canário no quintal de casa, alguns de um amarelo que dava gosto de ver. Hoje em dia, em Aldeia, mais ou menos uns 20km daqui, ainda os vejo, mas são raros. Por lá tenho em quantidade saíras as mais diversas, sabiás e bem-te-vis, mas também guriatãs e tenho um vizinho e amigo, a quem hei de mandar sua crônica, que passa o dia observando os pássaros em sua casa.”

De Brasília o poeta Ciro Tavares me envia o seguinte e-mail: “Caro Ormuz: Sou desse tempo. Nasci na Deodoro, numa casa que meu pai alugou ao Palatinik e onde vivi bons momentos. Deixei a Deodoro pela Rua Assu, quando construímos uma casa. Sempre estive ligado à área, aos pés de fícus que o Ângelo, prefeito, resolveu destruir. Brinquei na Praça Pio X e sou testemunha da construção do cinema Rio Grande. Fui assíduo freqüentador dos papos noturnos, na esquina com a Rua João Pessoa, onde, aos domingos a mulherada gostava de fazer footing para nossa admiração. Sou do tempo do bondes que passavam acionando suas campainhas para Petrópolis. Ali também, o médico, já falecido, Costa Neto e eu esperávamos o transporte para nos levar para o americano Batista, no Barro Vermelho, onde conheci Carlos Gomes e Terezinha. Ali também deslumbrei-me com a beleza e o porte helênico de Marilda Freire, filha do médico Antônio Freire. Ali conheci José Evaldo Caldas, meu maior amigo por mais de 60anos. Os pássaros voltaram e nós não podemos fazer o mesmo. Forte abraço.”


Já da vizinha cidade de Fortaleza recebi de uma leitora a seguinte mensagem: “Ormuz, os pássaros, sempre voltam. Você, por exemplo, é prova disso. Aí está, me enviando e-mail e me convidando a cantar Geraldo Azevedo e apreciar um pouco de sua infância, em Natal (cidade que adoro). Lúcia Bezerra de Paiva.

De Natal recebo do amigo Joaquim de Medeiros Neto: “Caro amigo e confrade Ormuz: Nunca na minha vida tinha lido uma crônica como a da "volta dos pássaros"! Concebida e escrita com o espírito e o coração de menino. Meus parabéns estrelado pela bela crônica. Um grande abraço.”

Todas essas manifestações e outras que recebi e continuo recebendo, me deixaram particularmente comovido e emocionado. Primeiro por ter conseguido através de algumas linhas escritas com a mais pura emoção, propiciar aos leitores um mergulho maravilhoso na sua infância não muito distante. Tenho certeza que nessa viagem ao passado, muitas outras lembranças vieram se juntar àquelas que estavam sendo descrita. Lembranças que se encontravam escondidas no escaninho da memória afetiva, e que às vezes são desencadeadas por um simples cheiro, uma música ou, como nesse caso, por uma narrativa.

Quando escrevia essa crônica, meus pensamentos me levaram a passear pela Avenida Deodoro da Fonseca lá pelos anos 60. As lembranças me chegavam aos borbotões numa avalanche que não conseguia conter. Fechei os olhos por um momento e diante de mim, sugiram vários personagens que convivi naquela época. Via desfilar pela calçada os freqüentadores do bar e restaurante “A Palhoça” do saudoso João Damasceno, que ficava bem em frente a minha casa e vizinho ao Cine Rio Grande. Lá era o ponto de encontro de políticos e pessoas influentes da nossa sociedade, e que lá comparecia todo final de tarde para se deliciarem com os tira-gostos que eram servidos, principalmente os feitos a base de frutos do mar, especialidade da casa.
Cotenido, Poti, Luiz e Batuíra sempre estavam por perto ajudando o pai. Cotenido, por ser o gerente do restaurante, era o que mais convivia conosco e por isso de quem mais me recordo. Seu nome, dado pelo pai, foi inspirado nos dizeres grafados em latas de azeite de oliva importado da Espanha (cotenido neto) que, traduzido para o português, significa conteúdo líquido. Seu pai convivia com esses produtos importados no tempo em que trabalhava com Guglielmo Lettieri, proprietário da famosa Cantina Lettieri. O velho Lettieri também era proprietário da única fabrica de gelo de Natal na década de 30.

Registre-se, entretanto que, democraticamente, A Palhoça também era freqüentada por estudantes “lisos”, principalmente os dos colégios Marista e Atheneu. Ao final das aulas ou mesmo fazendo alguma “gazeta”, apareciam por lá. Era a época que se iniciavam na arte de degustar uma boa “loira suada”; uma “cuba libre” ou simplesmente, um Rum Merino puro com gelo. Essas bebidas por serem mais baratas estavam ao alcance de todos. Contudo, vez por outra, era preciso fazer um acordo com Cotenido, e “pendurar” a conta por inconteste falta de recursos financeiros, mesmo apelando para a famosa “vaquinha”. Nesses casos, o pagamento ficava para a próxima semana, ou quem sabe, o próximo mês.

Às vezes também disputávamos o pagamento da conta, ou parte dela, na “porrinha”, jogo em que os parceiros tentam adivinhar a soma dos palitos ocultos na mão dos participantes. No início dos anos 70, um fato acontecido naquele restaurante alojou-se em minha memória de maneira que todas as vezes que passo em frente ao local, me lembro do acontecido. Como na época morava do outro lado da rua, especificamente na casa de número 622, era comum saber tudo de extraordinário que lá acontecia. Certo dia fui surpreendido com uma aglomeração que se formava diante de um dos compartimentos – na entrada do restaurante havia vários camarotes cobertos e divididos por palhas de coqueiro onde se encontrava uma mesa de madeira, retangular, ladeada por dois bancos do mesmo tamanho -, ao me aproximar do local pude ver o que ocorria. Diante da mesa, vários senhores alguns sentados e outros em pé, bebiam e conversavam animadamente, porém, a atenção estava voltada para uma dupla que disputava, qual deles agüentaria beber a maior quantidade de cerveja. Quando os vi, não me surpreendi, pois a Cidade inteira tinha conhecimento de que eram grandes amigos, igualmente boêmios e quando na companhia com outros amigos, a abundância se fazia presente, e a tristeza não tinha lugar à mesa. Eram eles: Dr. Roberto Freire e o Senador Luiz de Barros. Infelizmente não soube quem venceu aquela animada disputa. Mas, bem tarde da noite quando fui para casa, a dupla ainda bebia e conversava animadamente com se tivesse iniciado a farra naquele instante. Em cima da mesa e no chão, já não tinha onde colocar garrafas vazias. Esses dois senhores fizeram historia e não deixaram seguidores.



ORMUZ SIMONETTI
VISITE: Genealogia e História

sábado, 28 de maio de 2011

EXPOSIÇÃO AMANARA, MINAS GERAIS.


De 1º a 24 de junho, o artista plástico Jean Paulo Oliveira Lopes apresenta a exposição Amanarana Galeria de Arte Paulo Campos Guimarães. A abertura acontece no dia 31 de maio, às 19h 30, no mesmo espaço. Entrada gratuita.
A mostra intitulada Amanara, que significa dia chuvoso em tupi-guarani, traz pinturas em aquarela, passeando por cenários de uma grande metrópole em dias de chuva. “A proposta é a chuva, água, solvente da tinta, vida, que às vezes traz destruição”, explica o artista.

Segundo ele, a aquarela é uma técnica desafiante, por não permitir retoques e possuir um limite para a exploração do número de camadas de tintas, o que torna mais difícil a seleção do assunto.

Mesmo assim, ousou e promete encantar o público com imagens recorrentes em dias chuvosos, como um balé de pingos a favor do vento, guarda-chuvas coloridos, grama mais verde, reflexos dos prédios na lâmina d’água contra o negro do asfalto, em consonância com a cortina cinzenta de nuvens no horizonte. 
A mostra é uma continuidade da arte que Jean Paulo vem desenvolvendo há dez anos: o domínio da aquarela partindo de paisagens urbanas de Belo Horizonte, paisagens rurais da Estrada Real e cenas noturnas da cidade.
Período da exposição: de 1º a 24 de junho
Horário: segunda a sexta, de 8h às 20h - sábado, de 8h às 12h 

ENCONTRO CULTURAL E LANÇAMENTO DA PRIMEIRA ANTOLOGIA DA REGIÃO DOS LAGOS/RIO DE JANEIRO


As manifestações e a união dos artistas movimentam a região, resgatando e valorizando ainda mais a cultura.
AleArt – Academia de Letras e Artes da Região dos Lagos, com os organizadores Carlos Ribeiro, Cásssia Fouraux e Presidente Fouraux, reuniu 51 escritores e formatou uma excelente antologia, a primeira da região dos lagos.
O livro de nome “Essências – primeira antologia da Região dos Lagos” será lançado no dia 28 de maio de 2011, no museu José de Dome “Charitas”, às 19 horas, tem seu prefácio assinado pelo Conde Thiago de Menezes, Presidente da FALASPFederação da Academias de Letras e Artes de São Paulo, que já confirmou presença no evento.
Logo após, um encontro cultural será realizado na Casa Atelier Eliane Guedes, a partir das 20h30min h para comemoração desse grande lançamento, objetivando exaltar ainda mais a cultura regional.
Nesta noite, além do coquetel pelo lançamento, artistas da região dos lagos se apresentarão e mostrarão um pouco de cada segmento cultural, diversificando e interagindo com o público presente.
Dança, teatro, música, literatura... são algumas das atrações previstas.
A casa atelier fica na Rua Francisco Paranhos, n° 428 – Vila Nova, Cabo Frio e a entrada é gratuita.
Para maiores informações:
22- 2646.7411
22 - 9287.5296

XXVIII Salão Fluminense de Belas Artes, em Niterói-Rio de Janeiro.

É HOJE!!!! IV TRIBUTO A BOB MARLEY, EM CEARÁ-MIRIM/RN-BRASIL.

GOTO SECO - Movimento Alternativo

Carlos do Carmo canta hoje, na finalíssima do Concurso de Fado do Concelho de Vila do Bispo

Carlos do Carmo na Finalíssima do Concurso de Fado do Concelho de Vila do Bispo

Já foram apurados os cinco finalistas que irão disputar a Finalíssima da 12ª edição do Concurso de Fado do Concelho de Vila do Bispo que se realizará no dia 28 de maio no Salão de Festas da Sociedade Recreativa de Barão de São Miguel.

César Matoso (Alte), Delfim Cruz (Lagos), Emanuela Furtado (Tavira), Inês Gonçalves (Moura) e Márcio Gonçalves (Tavira) foram os fadistas apurados na final que decorreu, no passado dia 21 de maio, no Auditório do Centro Cultural de Vila do Bispo e que agora vão disputar entre si o 1º, 2º e 3º lugar.
Com início marcado para as 21h30, a noite conta com a participação especial da voz incontornável do fado, Carlos do Carmo.
À semelhança das edições anteriores, esta iniciativa organizada pela Câmara Municipal de Vila do Bispo tem como objetivo divulgar e estimular o gosto pelo fado, bem como dar a conhecer novos talentos musicais.
Informações adicionais no Centro Cultural de Vila do Bispo, ou através do telefone 282630300 ou fax 282639208.

Bilhetes à venda no Centro Cultura de Vila do Bispo e no local no próprio dia.

VARAL DA SAUDADE - REVISTA ON LINE EDITADA EM GENEBRA


Caros autores, amigos do Varal!

Saudade é aquela palavra que se tenta definir. Talvez para não sentir tanto, talvez para somente compreendê-la.
Temos saudades de gente, de bichos, de momentos, de quem fomos... Temos saudades de tudo o que não pôde, por um motivo ou outro, permanecer em nossas vidas.
Em algumas vezes, tentando diminuí-la acabamos por sentir sua extensão: a solidão. Em outras, apenas querendo vivê-la, fazemos dela lembranças.
Saudade é sim a palavra mais difícil de traduzir. Porque saudade não é exatamente fazer falta. E nem é totalmente não ter mais. Saudade esvazia e preenche.
Viagens que fizemos pelo mundo ou dentro de nós mesmos. Pessoas que amamos e que se despediram para ir ali ou para não voltar mais. Objetos, por que não?, deixam saudades. Imaginem então companheiros como cães, gatos, coelhos... A estimação da saudade!
Sentimos saudades dos filhos. Porque já estão longe, porque cresceram. Saudades de nossos pais que, de perto ou de muito distante, sempre farão parte de nossas vidas. Saudades daquele amor que um dia conseguiu ser tudo. Saudades de amigos que foram tanto!
A saudade não é um sentimento para se lutar contra. Fazer dela uma aliada pode ser um grande trunfo para viver melhor, carregando em nosso coração caixinhas a serem abertas vez ou outra, deixando sair aquele perfume “de um dia”.
Mas o importante é falar da saudade, expressá-la, para que não deixemos a vida passar, esquecendo o presente e o futuro.
Saudades existem como pontes para que possamos sempre reviver o que um dia sentimos.
Mas não façamos desta ponte toda a estrada e nem um ponto final!
Façamos, junto com os 100 autores que aqui escreveram, apenas uma parte do caminho!

Abraços da Equipe do Varal

sexta-feira, 27 de maio de 2011

BAILE AZUL E BRANCO, NO VIOLÃO DE OURO, EM NATAL/RN-BRASIL

NONA EDIÇÃO DO BAILE AZUL E BRANCO, NO VIOLÃO DE OURO, DA RADIALISTA E JORNALISTA ELIETE REGINA, EM 27-05-2011, ÀS 22:30


ELIETE REGINA CONVIDA

"CONVIDO OS AMANTES DA MÚSICA E DANÇA, PARA MAIS UMA NOITADA NO VIOLÃO DE OURO, CASA DE SHOW, COM MUITA MÚSICA E ENTRETENIMENTOS.
TRATA-SE DO IX° BAILE AZUL E BRANCO, COM LOS MANOS".

CONTATO: 84 - 8817 6011
DATA: 27-05-2011
HORA: 22:30
LOCAL - VIOLÃO DE OURO - CIDADE VERDE
NATAL/RIO GRANDE DO NORTE

Show do Cantor "Robson Sêmog", neste Sábado, em Natal/RN-Brasil.


PARA OUVIR O ROBSON SÊMOG
ACESSE ESTE LINK ABAIXO:

Dj Shaman no "Quiosque O Perceve" de Sagres-Portugal



Sexta-feira, 10 de Junho às 22:30


Sábado, 11 de Junho às 19:00





Dj Shaman no Quiosque O Perceve


Quiosque O Perceve

Vem passar o fim de semana prolongado a Sagres e divertir-te ao som do Dj Shaman (Breakbeat / Funk) de Sevilla-Espanha- 

Ouve o seu som aqui: http://www.myspace.com/shamandjsvq



As noites de verão já chegaram a Sagres!